Galeria

"Fotografar é colocar na mesma linha a cabeça, o olho e o coração" - Henri Cartier Bresson
02_img

MAR

As cores, o movimento e a paz que o mar transmite registrados em cada foto.

View more
04_img

CÉU

Do nascer ao pôr-do-sol. Do céu estrelado à noite cinzenta. Uma atmosfera envolvente.

View more
03_img

TERRA

O cenário é infinito. Texturas, cores, elementos… Não cabe na foto o que o olho vê, mas o coração sente.

View more
08_img

MONTAGENS ESPECIAIS

Os recortes e composições vão até onde sua criatividade é capaz de levá-lo.

View more
12_img

REFLEXOS

A beleza de uma imagem e seu reflexo. Um cenário deslumbrante da perfeição simétrica refletida.

View more
01_img

CIDADES / ARQUITETURAS

Linhas, curvas, simetrias... Clássica ou contemporânea, a arquitetura é fascinante.

View more
07_img

EFEITOS

Forma lúdica, colorida e diferente de interpretar um lugar, uma pessoa, um momento...

View more
10_img

CORES

Uma valsa de cores e composições em harmonia criam uma energia que vibra num círculo cromático perfeito.

View more
05_img

BLACK & WHITE

Uma imagem ganha cor diante de olhos criativos. Os registros são um faz de conta em preto e branco.

View more
06_img

ABSTRATOS

Desperta e instiga o pensamento. São formas, recortes e cenas quase que interpretáveis. Mas a emoção também mora lá.

View more
11_img

RETRATOS

Pessoas e suas essências. O desafio de contar através de um único clique o que existe por trás de um olhar, de um gesto, de um momento.

View more
09_img

TEXTURAS

Quase dá para tocar com os olhos. Um mix agradável para completar composições.

View more

Informações sobre exposições, mostras e eventos, clique em ...

Gigi Monteiro

Nascida em Mogi das Cruzes / SP, em 1972.


Um olhar. Um clique. Um momento eternizado na moldura. Gigi Monteiro exerce a fotografia com a leveza e liberdade que a arte pede. Por trás desta espontaneidade, no entanto, reside o rigor estético de quem a vida inteira trabalhou com a imagem – a sua própria, como atriz, e as das cenas das peças teatrais, longas-metragens e telenovelas.

Foto sempre foi uma paixão. Viagens também. Curiosamente, talvez de tanto ver a si mesma na mídia, voltou-se para paisagens e flagrantes urbanos. Às vezes, em inspirada metalinguagem, o objeto são obras de arte, criando a partir deste registro um segundo elemento. Fazem parte ainda do imaginário da paulista lúdicas abstrações.

Logo as ampliações, montadas como instalações, como a impressionante "Nature Overlaps" – composta por várias "camadas" em metacrilato –, se impuseram como assinatura da artista. Como tema, a exuberância da natureza brasileira, em especial da Mata Atlântica, a distingue. Há espaço ainda para cenas marítimas e icônicos skylines.

Da Mata Atlântica, que vê do jardim da casa de campo estendida até o leste do Paraguai, extrai o que de mais poderoso esta oferece: preciosos tons de verde, texturas de folhas e troncos, a majestade das copas banhadas pelo sol. E se nos extasia com tal beleza, sua obra pontua, sem obviedade, um dado sombrio. Hoje, com o brutal desmatamento, restam apenas 10% deste esplendor vegetal.

Suas mais recentes incursões no Brasil e exterior têm como destino os Patrimônios Mundiais da UNESCO, sejam Culturais, Naturais ou Imateriais. São nada menos que 1 092, em 167 sítios - 21 deles brasileiros -, 54 em perigo de extinção. Especialmente os da Natureza e de complexos arquitetônicos e cidades de países menos favorecidos, muitas destas localidades sofrem algum tipo de risco, seja como resultado de desmatamento, caso da Amazônia e da Mata Atlântica, guerras civis, ditaduras e outras situações extremas. O olhar da artista, no entanto, privilegia a positividade e esperança, iluminando o que há de mais belo e especial em cada paragem onde foca suas lentes.

Desde sua estreia, em 2014, participou de dezesseis expressivas coletivas, incluindo a “Contemporary Brazilian Art” em Nova York, documentada em livro homônimo (2016). As exposições mais recentes foram “Novas Cores”, no Instituto Arte em Movimento, São Paulo, Brasil, em Abril de 2018, e “International Contemporary Art in Rome”, no Velli Palace, Roma, em Julho de 2018.

As mostras no exterior aguçaram o olhar da crítica
internacional para o seu trabalho.
Foi laureada em Bolonha, Itália, em maio de 2018, com o Prêmio Internacional de Arte Raffaello, concedido pelos curadores Salvatore Russo e Francesco Saverio Russo.


Experiência

Registros fotográficos autorais, projetos especiais e personalizados.

Educação

Fotografia | Escola Panamericana de Arte e Design – São Paulo, Brasil
História da Arte | Escola Panamericana de Arte e Design – São Paulo, Brasil
História da Fotografia | Escola Panamericana de Arte e Design - São Paulo, Brasil
Workshop fotográfico | NYC Photo Safari – Nova Iorque, EUA.

Exposições

2018 - Coletiva - “International Contemporary Art in Rome” | Roma, Itália
2018 - Coletiva - "Novas Cores" - Instituto Arte em Movimento | São Paulo, Brasil
2018 - Coletiva - "O Olho que Vê" - Inn Gallery | São Paulo, Brasil
2018 - Coletiva - "SP Inspira Arte" - Art Lab Gallery | São Paulo, Brasil
2017 - Coletiva - "Sobre Olhares" - Art Lab Gallery | São Paulo, Brasil
2017 - Coletiva - "Framed Vision 2" - Bharat Bhavan, Bhopal - Índia
2017 - Coletiva - "Arte Brasileira na Contemporaneidade II" - Inn Gallery | São Paulo, Brasil
2017 - Coletiva - "Inserções" - Inn Gallery | São Paulo, Brasil
2017 - Coletiva - "Artexpo NY" - Pier 94 NYICAS | Nova Iorque, EUA
2017 - Coletiva - "SP Inspira Arte" - Art Lab Gallery | São Paulo, Brasil
2016 - Coletiva - "Múltiplas Perspectivas" - Art Lab Gallery | São Paulo, Brasil
2016 - Coletiva - "Olhares de São Paulo" - Design Weekend | São Paulo, Brasil
2016 - Coletiva - "Contemporary Brazilian Art" | Nova Iorque, EUA
2016 - Coletiva - "Arte Brasileira na Contemporaneidade" | São Paulo, Brasil
2015 - Coletiva – "Quatro Olhares" - Dalmau Studio | São Paulo, Brasil
2015 - Coletiva – "Fragmentos" - Dalmau Studio | São Paulo, Brasil
2014 - Individual - "Olhar 42" - Dalmau Studio | São Paulo, Brasil.

Prêmios

2018 - “INTERNATIONAL PRIZE RAFFAELLO” - Gnudi Palace | Bolonha, Itália

Montagens Fine Art Photography

- Auxilia o cliente na escolha das imagens, texturas e dos acabamentos adequados à decoração.
- Papel fotográfico, papel algodão, acrílico, canvas, tecidos, alumínio, espelho e adesivos podem ser utilizados para imprimir as fotos. Opções de acabamentos em molduras, metacrilatos, caixas, painéis e montagens especiais.

Acompanhe meus trabalhos

>> <<